início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Palavras e Idéias sob a ótica do cotidiano

Adélia Borges*

Recebi da Editora Rosari a coletânea de crônicas sobre design de autoria da jornalista Adélia Borges, um livro lançado ultimamente sob o título; "DESIGNER NÃO É PERSONAL TRAINER e outros escritos". Uma grata surpresa. Os textos foram publicados originalmente de abril de 2000 a dezembro de 2001 na coluna Contemporânea do Caderno Fim de Semana da "Gazeta Mercantil".

O design - de móveis a roupas, de marcas a embalagens, de bens industriais a artesanais - é o tema central, visto em suas intercessões com assuntos correlatos, tais como arte aplicada, inovação industrial, poluição visual, políticas culturais, consumo, comportamento e marketing.

"O viés é a observação do cotidiano e o tom é despretensioso, coloquial. Quase uma conversa ao lado do fogão enquanto se côa um café", diz a autora na apresentação. No jornal, sua intenção foi aumentar a percepção consciente das pessoas sobre o design em seu dia-a-dia e, a partir daí, aumentar o conhecimento e o espírito crítico em relação a essa atividade de importância crescente em nosso país. Com base no número de e-mails que a jornalista recebia na Gazeta Mercantil, Adélia acredita que o livro pode interessar não só a estudantes e profissionais de design, mas também a quem se interessa pelo tema - os usuários do design, ou seja, potencialmente, todos nós.

Na apresentação, a jornalista Maria Cristina Poli - uma das leitoras que costumava mandar e-mails ao jornal - diz que os textos de Adélia "têm um conteúdo denso e consistente expresso através do bom uso da nossa língua portuguesa". "Adélia gosta de escrever bonito. Usa as palavras de um jeito nobre e gostoso. Parece que a gente tá pertinho de tudo, quando lê os seus textos. Ela também é mais do que uma simples intérprete do que vê", afirma Poli.

"Designer não é personal trainer" faz parte da Coleção Textos Design, que foi lançada em alto estilo pela Editora Rosari. O livro conta uma bela e fina encadernação.

Sobre o Autor

Adélia Borges: Jornalista especialista em design. Tem centenas de textos publicados no Brasil e no exterior, sobretudo na revista Design & Interiores, que dirigiu de 1987 a 1984, e no jornal Gazeta Mercantil, onde trabalhou de 1998 a 2001. É também curadora de exposições e professora de história do design na FAAP em São Paulo.

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

IDENTIDADE PERDIDA,  por Rubens Shirassu Júnior.
Resenha sobre a obra VERDES TRIGOS, de Henrique Chagas, obra inspiradora deste sítio cultural.  Leia mais
Nos subterrâneos da estéril e seca Brasília, há rica e fértil vida literária,  por Luiz Ruffato.
"Poemas para Brasília" (Brasília, Projecto Editorial/Livraria Suspensa, 2004), organizados por Joanyr de Oliveira, é uma antologia de poetas que escreveram sobre o Distrito Federal. E aqui, temos desde um Bernardo Guimarães, romancista e poeta romântico mineiro (1825-1884), autor de um poema intitulado "O Ermo", premonitório do nascimento da capital brasileira, até Paulo Porto, único nascido na Capital Federal.  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página