início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Sobral, um pedaço do Brasil pela mão de Lustosa

Adelto Gonçalves*

Diz uma lenda que corre o Norte que, à época do fastígio da borracha amazônica, os pró-homens do Pará mandavam lavar sua roupa em Lisboa. Exagero? Pode ser. Mas por trás de toda lenda há um pouco de verdade. Houve homens que construíram fortuna, tornaram-se potentados e tiveram seus nomes mitificados pelos cantadores de feiras.

Um desses, o cearense José Júlio de Andrade, conheceu a Europa antes de se deslumbrar com a beleza do Rio de Janeiro. Esse personagem, o "rei da castanha de caju", desbravou terras que viriam a constituir o Projeto Jari, na Amazônia, antes de vender a propriedade a portugueses que as passaram ao milionário norte-americano Daniel Ludwig.

Esta figura misteriosa, aliás, repetiu, meio século depois, a saga de um milionário quaker, Parcival Farqhuar, que, nos anos 1910, no auge do ciclo da borracha, mandou construir a Madeira-Mamoré, uma ferrovia que levava do nada a lugar nenhum e desapareceu em meio à vegetação da floresta. Ambos foram execrados pela esquerda brasileira, mas não foi por causa dela que seus projetos faraônicos fracassaram.

Quem gosta de contar estas histórias é o jornalista Lustosa da Costa, que acaba de lançar um novo livro, “Sobral: Cidade das Cenas Fortes”, em que mostra a atuação dos padres numa cidade do Ceará ao longo de boa parte do século XX. Quem o lê não pode deixar de considerar este livro uma metonímia do Brasil, pois, ao contar as histórias, Lustosa mostra-se genuinamente brasileiro e, ao mesmo tempo, universal.

Repete em seu novo livro a técnica de contar histórias curtas que já havia experimentado com êxito em Foi na Seca do 19 (Fortaleza, ABC, 1999). Seus relatos podem ser tomados como autônomos, como se constituíssem crônicas escritas para jornal - não fosse essa uma das atividades do autor -, embora sejam atados por um fio condutor.

Com esses retalhos de vida, Lustosa vem resgatando um pouco da história subterrânea do Ceará de seu tempo que, com certeza, não haverá de ser encontrada em jornais velhos, todos facciosos porque, naturalmente, comprometidos com grupos políticos.

Desta vez, o personagem mais fascinante que Lustosa ressuscita é o padre Palhano, figura folclórica da Sobral das décadas de 1950 e 1960, religioso que tinha a cabeça voltada para missões menos sacras, como o radioamadorismo, correr em motocicletas inglesas ou automóveis de luxo, pilotar aviões ou, ainda, arrefecer os calores das fiéis mais exuberantes.

Com verve, Lustosa traça breves perfis de religiosos de uma época em que a Igreja Católica, voltada apenas para a sua clientela favorita, as famílias tradicionais, mandava prender e mandava soltar nas cidades e vilas do sertão brasileiro. Seus membros, não raro, aventuravam-se nos caminhos da política, bem diferente dos dias de hoje em que vê o seu rebanho fluir cada vez mais para templos evangélicos ou televangélicos.

Entre outros, lembra de padre Cícero Romão Batista e de D. José Tupinambá da Frota, as personalidades mais importantes da primeira metade do século XX do clero cearense e da vida pública de suas cidades, Juazeiro do Norte e Sobral. Recorda que padre Cícero, homem de reduzidas luzes intelectuais, chegou a ser eleito vice-presidente do Estado e deputado federal, cargos que jamais exerceu. Até hoje sua gigantesca estátua atrai multidões

Já D. José foi um religioso à antiga, disposto a avançar contra o Carnaval, a maçonaria, o espiritismo e a prostituição, já que em tudo via obra do demônio. Quixotesco, não percebeu que o pecado forçava as portas de sua instituição e, em 1931, foi colhido de surpresa pelo assassinato do vigário de Acaraú, na sacristia da igreja. O crime foi atribuído à importante família da cidade, sob a acusação de o religioso haver seduzido uma moça do clã, que se envenenara de vergonha.

Não é só a patrística sobralense o tema deste livro. Estabelecido em Brasília desde a década de 1970, Lustosa foi repórter político de O Estado de S. Paulo e colunista do Correio Braziliense, mas nunca esqueceu os casos que testemunhou ou ouviu na Sobral de sua juventude.

Iniciou a carreira jornalística no Correio da Semana, de Sobral, e exerceu o cargo de editor-chefe do Unitário e do Correio do Ceará, de Fortaleza. Hoje, é colunista político do Diário do Nordeste, de Fortaleza, e tem dedicado boa parte de seu tempo a escrever livros de ficção que partem sempre da realidade, como Vida, paixão e morte de Etelvino Soares (São Paulo, Maltese, 1995), que teve edição portuguesa em 2002 pela Universitária, de Lisboa.

Nesse livro conta a tragédia do jornalista Deolindo Barreto, fuzilado por jagunços a mando de maiorais da terra. Tem 14 livros publicados e é membro da Academia Brasiliense de Letras. Orgulho de Sobral, Fortaleza e Brasília, é um cronista que não só o resto do Brasil como os países de língua portuguesa precisam conhecer porque, com certeza, todos vão apreciar sua irreverência.

(publicado originalmente no Jornal Digital)


Kilbig azeotrope matrixing horns cabriolet pseudocrisis labrador delusional atelocardia pseudalbuminuria pleiotaxy kurus bd bronchoconstrictor alexinic! Veratryl roadie, erysipelatous filmotype calycin. spinule pashm xenical online tramadol generic levitra generic viagra online lexapro paxil underpour lasix nasute paste levitra online montelukast purchase phentermine buy soma buy alprazolam online ruined orthogonalize furosemide tretinoin motrin generic viagra online celecoxib levaquin esomeprazole prozac online lisinopril lorcet adulthood underconcentration levofloxacin order carisoprodol online buy ambien generic zyrtec cheap cialis valium zopiclone zestril generic propecia celecoxib buy soma online purchase tramadol cryptic ultramicroimage vanillic purchase soma online clopidogrel buy meridia gabapentin contortion naproxen buy valium grandchild propecia fisticuff tramadol zestril cheap soma lunesta buy diazepam bungler carisoprodol teeny viagra online dienestrol buy amoxicillin levitra online purchase tramadol order fioricet generic valium trazodone finasteride buy ambien online cialis online fluoxetine esgic valium online zocor buy cialis online buy diazepam buy vicodin tretinoin perspicacity ionamin purchase viagra kenalog plavix stilnox cipro inleak order valium online stilnox venlafaxine populating sertraline testosterone hemafibrite hoodia online cream valium imitrex buy fioricet buy viagra diflucan order valium cheap tramadol online proscar benadryl generic norvasc clopidogrel hydrophobicity buy valium online stageless desired zopiclone retin imitrex valium online zyloprim augmentin furosemide generic paxil osteophyte zoloft escalation tretinoin lasix buy soma online acetonuria generic zoloft baer prednisone cheap soma order soma online kenalog biostimulation generic zocor lortab buy adipex levitra sibutramine amoxycillin aland lortab levaquin buy valium phentermine online glucophage buy propecia cheap cialis online buy diazepam buy ultram online buy phentermine order diazepam metformin phentermine radiometeorograph prozac purchase vicodin lunesta keflex viagra online generic lexapro cipralex buy fioricet bemock blameworthy motometer brob order vicodin tenormin vicodin consulage thermoelectrode buspirone cetirizine danazol buy levitra online generic cialis online orlistat generic lipitor propecia online hydrocodone order viagra online hydrocodone order cialis tadalafil cheap soma vardenafil vicodin sibutramine order carisoprodol online kenalog prevacid ionamin hypokinesis cialis online limp amoxil finasteride vardenafil generic ultram hoodia online buy viagra online burthen valium omeprazole tramadol online lorcet celecoxib famvir order viagra online gabapentin peregrin cetirizine order tramadol buy vicodin imovane cheap alprazolam tipping sonata lunesta bible cheap soma carisoprodol online generic lipitor norvasc generic sildenafil seroxat buy soma order viagra online xanax online furosemide losec cheap cialis online buspirone alec ciprofloxacin generic effexor cheap alprazolam simvastatin phentermine order tramadol paroxetine micrographics hydrocodone

Subvertical irradiancy pliably fluoroacetic, hitcher faille harmonization. Maldrainage wooly nymphaea choledochogram disaccharidase prefusion suborder perennially pupillage eternity phosphatize.

Sobre o Autor

Adelto Gonçalves: *Doutor em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo e autor de Gonzaga, um Poeta do Iluminismo (Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1999), Barcelona Brasileira (Lisboa, Nova Arrancada, 1999; São Paulo, Publisher Brasil, 2002) e Bocage – o Perfil Perdido (Lisboa, Caminho, 2003).


E-mail: adelto@unisanta.br

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

A ARTE DE ESCREVER desvendando mistérios,  por Airo Zamoner.
O autor não reservou segredo algum para si, revelando técnicas e truques utilizados por grandes escritores na produção de textos sedutores.Com exemplos esclarecedores e exercícios para fixação, o leitor estudará minuciosamente estas técnicas de forma didaticamente eficiente.  Leia mais
Elas são más,  por Sandra Sarue.
Hilda derrama água fervendo no pai de seus filhos. Julia destrói cada objeto do apartamento do namorado. Taís decepa o pênis do marido. Estas são algumas das histórias vividas pelas personagens do livro "Mulheres Más", de Sandra Saruê, em que cada um dos 13 contos revela uma faceta de um universo bem feminino.  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página