início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Arquitetura dos Dias

Joanyr de Oliveira*

Muito bons os contos de Joanyr de oliveira, especialmente Aos olhos do doutor, um dos melhores textos que li nos últimos anos. É uma verdadeira obra-prima, com a força dramática e onírica de Machado de Assis, a garra telúrica de Guimarães Rosa e ao mesmo tempo uma narrativa totalmente sua, joanýrica.

Jason Tércio


J. O. consegue com os contos de O horizonte e as setas retratar a cidade e o homem como um todo, sem que um perca sua dimensão cósmica nem o outro sua realidade e profundidade individual. Seus personagens mergulham na infância e no subconsciente e sobem bruscamente a tona, produzindo o choque eterno entre a realidade atual e a que jaz sepultada no recôndito da mente humana. O tempo, sem sua obra, longe de ser uma função ou dimensão linear, ganha nova transcendência, penetra nos rincões mais ocultos da realidade da vida humana e, dessa fusão do presente com o passado, o escritor extrai efeitos de extraordinária beleza e profundidade psicológica.

Izidoro Soler Guelman


... entretanto, de todas as inúmeras qualidades visíveis na personalidade de Joanyr de Oliveira, emerge e destaca-se a de poeta. É a poesia que definitivamente o distingue, ainda quando escreve em prosa, e dizendo-o não o desmereço, antes realço, a sua valiosa obra de contista.

Anderson Braga Horta


Joanyr de Oliveira, poeta e prosador conceituado, traz para os seus contos algumas experiências adquiridas ao longo dos anos... além de uma rica intimidade com as palavras, adquirida em seu ofício de poeta.

Jefferson Magno Costa

Gostei de vê-lo aventurar-se pelo conto, penetrando na área ficcional, sem perder a sutileza do poeta pleno, que volta e meia faz conversar seus conscientes que, sob o corpo do texto elaborado, da palavra que emerge e do silêncio que discretamente está à tona, toca minha sensibilidade com seu Grito Submerso.

Rita Moutinho Botelho

Sobre o Autor

Joanyr de Oliveira: Escritor e Poeta. De Minas para o mundo. De Aimorés, Brasília.
Autor de uma imensa e respeitável obra poética.

Visite o site do poeta JOANYR DE OLIVEIRA

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

A saga dos Wapshot continua...,  por John Cheever.
Depois da maravilhosa A crônica dos Wapshot, a editora ARX brinda os leitores com o O escândalo dos Wapshot, novo livro de John Cheever.
 Leia mais
Pesadelos Verticais,  por Jorge Pieiro.
O estranho hábito de dormir em pé, livro de Paulo Sandrini lançado pela Travessa Editores, reúne dez contos que funcionam como parábolas. Em linguagem culta, o autor trama histórias que vão além do padrão simplista das narrativas pós-modernas  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página