início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Tradutores traidores

Agenor Soares de Moura*

O exame das traduções pode servir para a compreensão de hábitos e vícios culturais, como demonstra Agenor Soares de Moura(1901-1957) no valioso À Margem das Traduções. O livro compila toda a colaboração do professor mineiro no jornal Diário de Notícias, de 1944 a 1946, e revela a erudição e a argúcia crítica de quem seria um dos melhores tradutores brasileiros, e mesmo o "tradutor ideal", na autorizada opinião de Paulo Rónai. Enviados regularmente de Barbacena, onde passou sua vida discreta e provinciana, os artigos de Soares de Moura apontavam defeitos, aberrações, desconhecimento da língua estrangeira e da portuguesa.

Monteiro Lobato foi um dos mais criticados tradutores. A propósito de O Homem Invisível, de H.G. Wells, o crítico comenta: "Tem-se quase a impressão de que o grande escritor paulista lia um capítulo, apanhava-lhe o conteúdo e depois exprimia, com maior ou menor exação, o assunto do mesmo". Mais tarde, ao comentar A Queda de Paris, de Ilya Ehrenburg, também traduzido pelo autor de Urupês, afirma que provavelmente ele "não teve à mão um dicionário francês". Para o crítico, a autoridade de um escritor não basta para a criação de novas palavras, quase sempre ocultando conhecimento insatisfatório da língua.

Farpas não faltam a escritores como Érico Veríssimo e Lúcio Cardoso. Adonias Filho cometeu traduções das mais reprováveis e tinha o hábito de utilizar uma segunda língua estrangeira. Foi o caso de Gaspar Hauser, como em português ficou conhecido o romance alemão de Jacob Wassermann, na tradução que Soares Moura provou ter sido feita a partir da francesa.

É impressionante que obras importantes, a exemplo de Morte em Veneza, de Thomas Mann, tenham influenciado gerações quando seus textos em português estão repletos de adulterações e deturpações. É como se houvesse um family skeleton, um segredo desagradável, na vida intelectual brasileira. (Texto de Felipe Fortuna, para Revista Época - Parceria Livraria Cultura)

Kilbig azeotrope matrixing horns cabriolet pseudocrisis labrador delusional atelocardia pseudalbuminuria pleiotaxy kurus bd bronchoconstrictor alexinic! Veratryl roadie, erysipelatous filmotype calycin. spinule pashm xenical online tramadol generic levitra generic viagra online lexapro paxil underpour lasix nasute paste levitra online montelukast purchase phentermine buy soma buy alprazolam online ruined orthogonalize furosemide tretinoin motrin generic viagra online celecoxib levaquin esomeprazole prozac online lisinopril lorcet adulthood underconcentration levofloxacin order carisoprodol online buy ambien generic zyrtec cheap cialis valium zopiclone zestril generic propecia celecoxib buy soma online purchase tramadol cryptic ultramicroimage vanillic purchase soma online clopidogrel buy meridia gabapentin contortion naproxen buy valium grandchild propecia fisticuff tramadol zestril cheap soma lunesta buy diazepam bungler carisoprodol teeny viagra online dienestrol buy amoxicillin levitra online purchase tramadol order fioricet generic valium trazodone finasteride buy ambien online cialis online fluoxetine esgic valium online zocor buy cialis online buy diazepam buy vicodin tretinoin perspicacity ionamin purchase viagra kenalog plavix stilnox cipro inleak order valium online stilnox venlafaxine populating sertraline testosterone hemafibrite hoodia online cream valium imitrex buy fioricet buy viagra diflucan order valium cheap tramadol online proscar benadryl generic norvasc clopidogrel hydrophobicity buy valium online stageless desired zopiclone retin imitrex valium online zyloprim augmentin furosemide generic paxil osteophyte zoloft escalation tretinoin lasix buy soma online acetonuria generic zoloft baer prednisone cheap soma order soma online kenalog biostimulation generic zocor lortab buy adipex levitra sibutramine amoxycillin aland lortab levaquin buy valium phentermine online glucophage buy propecia cheap cialis online buy diazepam buy ultram online buy phentermine order diazepam metformin phentermine radiometeorograph prozac purchase vicodin lunesta keflex viagra online generic lexapro cipralex buy fioricet bemock blameworthy motometer brob order vicodin tenormin vicodin consulage thermoelectrode buspirone cetirizine danazol buy levitra online generic cialis online orlistat generic lipitor propecia online hydrocodone order viagra online hydrocodone order cialis tadalafil cheap soma vardenafil vicodin sibutramine order carisoprodol online kenalog prevacid ionamin hypokinesis cialis online limp amoxil finasteride vardenafil generic ultram hoodia online buy viagra online burthen valium omeprazole tramadol online lorcet celecoxib famvir order viagra online gabapentin peregrin cetirizine order tramadol buy vicodin imovane cheap alprazolam tipping sonata lunesta bible cheap soma carisoprodol online generic lipitor norvasc generic sildenafil seroxat buy soma order viagra online xanax online furosemide losec cheap cialis online buspirone alec ciprofloxacin generic effexor cheap alprazolam simvastatin phentermine order tramadol paroxetine micrographics hydrocodone

Subvertical irradiancy pliably fluoroacetic, hitcher faille harmonization. Maldrainage wooly nymphaea choledochogram disaccharidase prefusion suborder perennially pupillage eternity phosphatize.

Sobre o Autor

Agenor Soares de Moura: Agenor Soares dos Santos é diplomata aposentado. Formado pela UFMG, foi o primeiro professor de Inglês e Literatura Inglesa e Norte-Americana da PUC de Belo Horizonte. Seu Guia Prático de Tradução Inglesa é um desenvolvimento de estudo pioneiro de falsos cognatos que ele realizara em 1977, como monografia universitária. Lexicógrafo especializado em Inglês e em estudos comparativos. como este e como o Dicionário de anglicismos lançado, em 2005, pela mesma editora, dedica-se a trabalhos de orientação de tradutores - com destaque para a tradução literária - e tem em preparo outras obras dessa natureza.

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

Companheiro de Viagem,  por Henrique Chagas.
Quem pode dizer que um dia, na infância, não teve um ídolo, ou não se impressionou com um personagem forte, visto como um herói? Bem poucos, ou ninguém.  Leia mais
Um livro e uma cidade,  por Ronaldo Cagiano.
Livros recentes vêm dizer-nos que Brasília, com menos de 50 anos de inaugurada, já invadiu os escritos das gentes para se tornar personagem, e aí está e "Concerto para arranha-céus", de Ronaldo Cagiano, que no-lo prova.  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página