início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Bons Momentos

Silvano Silva*

A nostalgia às vezes chega e traz em nossa mente a lembrança de várias passagens que ocorreram, principalmente em nossa infância. Quem não gostaria de poder voltar ao passado, para que pudesse, nem que fosse por alguns instantes, vivê-la novamente!!!

Retornar ao jogo de Trejo e Bete ao Ombro na rua de terra, às partidas de Futebol em "campos de cepilho" valendo biscuí, à época de paina seca para fazer Raia e Bidê, às Batidas de Bafo com figurinhas Zequinha, aos Álbuns preenchidos que valiam prêmios, às Bolinhas de Gude na volta da escola, aos Carrinhos de Rolimã feitos com rodinhas de porcelana, às Cabanas no Mato, onde a piazada se reunia para caçar passarinhos...

Encontrar num canto qualquer de nossa mente, o medo do Velho do Saco, do Lobisomem, do Saci... e de tantas outras crendices que houveram se perdido por motivos que não sabemos explicar !!!

As Novas Aventuras de Floriano retratam através de "Contos" boa parte dessa vivência.

Guardo com muito carinho na memória, lembranças de meus tempos de piá, repleto de alegria, afeição e amizades...

Afinal de contas, toda infância tem sua forma de ser, já que é um momento mágico na vida de cada um.

Os momentos nela adquiridos, devem ser vividos com o máximo de aproveitamento, pois tudo passa e só nos resta então, depois de adultos, relembrar os velhos tempos, já que o passado...não volta mais.

Satisfação em poder compartilhar com você algumas destas experiências...



"As Novas Aventuras de Floriano" é o segundo livro publicado pelo escritor paranaense Silvano Silva.

De Campo Largo para o Brasil, Silvano lança, suas impressões de infância, em forma de contos, para nosso deleite.

Impossível negar na histórias do autor um certo grau autobiográfico mesclado à imaginação e competência na criação de imagens, cenários e situações.

A presente obra, que tenho a honra de apresentar, não vale apenas pelo prazer da leitura, mas vale muito, e talvez mais que os olhos paranaenses de hoje possam perceber, pelo regionalismo incrustado em cada linha embutido na entrelinhas.

Esta é a marca, o registro da gente e do modo de vida se sua terra, que faz deste autor um escritor especial. (Terence Keller, advogado, escritor e membro efetivo da UBE/Pr - União Brasileira de Escritores, seção Paraná)



O "Floriano" desembracou na "terra do sol nascente", onde moro, trazendo toda a comicidade e nostalgia de nossa infância. A leitura do livro nos transporta para o ambiente das aventuras, podendo assim, viver junto com o personagem, as mesmas ansiedades, sonhos e alegrias pelas quais passamos em nosso momento tão especial.

O livro, uma grande lição de vida, mostra a todas as gerações, a real importância de cada fase vivida por nós.

Com ele aprendemos as diferenças e o respeito aos sentimentos das pessoas próximas, principalmente para nós pais que cuidamos de nossos filhos e sabemos que o momento de aprendizado é o mais importante e que nunca se apagará da memória deles.

Mesmo tendo sido criado em uma cidade industrial, vivi muitas das aventuras descritas no livro, o que demonstra o quão são iguais as criançãs em sua pureza.

Silvano Silva, com o "Floriano", conseguiu romper fronteiras e chegou a o Japão, mostrando assim a magia do autor em atingir todos os cantos do mundo.

Seu maior encanto é escrever para todas as idades. (Eraldo da Silva. Gifu/ Japão)



Confira um dos contos do livro: Lição de Vida

Site do Autor: SILVANO SILVA

Sobre o Autor

Silvano Silva: Silvano Antônio Lopes da Silva é paranaense de Campo Largo/PR. Atualmente trabalha na COCEL Companhia Campolarguense de Energia como Técnico em Manutenção Eletroeletrônica. Iniciou a prática de escrita, colaborando com a ASCEL Associação dos Funcionários da COCEL, onde redigia o Informativo ASCEL "O VAGALUME" e com o Jornal Campo Cultural, onde escrevia a coluna História ou Estória.

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

Lobato revisitado,  por Ronaldo Cagiano.
Nesse trabalho, Alaor Barbosa destaca sobretudo a importância do Monteiro Lobato como ficcionista e como intelectual que pensou o Brasil e lançou as bases de um pensamento nacionalista e de valorização dos nossos recursos naturais e humanos, ao lado de sua destacada atuação como escritor de livros infantis.  Leia mais
Consa é uma serpente às avessas,  por Hélio Consolaro.
Filósofo de Semáforo, livro de crônicas reunidas, do cronista da Folha da Região, de Araçatuba, Hélio Consolaro é uma caixinha de Pandora. Um lançamento da Nankin Editorial.  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página