início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Terras Prometidas - Do Bom Retiro a Manhattan

Caio Blinder*

Caio Blinder, jornalista, ex-editor da Folha de S.Paulo e há dez anos comentarista do programa Manhattan Connection, reúne neste livro suas reflexões sobre a condição judaica em pequenas crônicas cheias de erudição e bom-humor. Seus temas vão da política à cultura, da observação cotidiana à filosofia milenar, das relações internacionais às reminiscências pessoais, num melting pot encantador e, ao mesmo tempo, profundamente reflexivo. Os personagens deste livro são Woody Allen e Ariel Sharon, Phillip Roth e Jerry Seinfeld, Groucho Marx e Karl Marx, todos finamente observados pelos óculos e a pena afiada de Caio Blinder.

"Terras prometidas" é uma obra para todos os leitores que se interessam por temas que, muito além de preocupações de caráter étnico ou comunitário - a como o Holocausto, o Oriente Médio ou a cultura judaica norte-americana -, são questões que se refletem na política e no cotidiano de todo o mundo contemporâneo. A perspectiva de Caio - judeu, jornalista, paulistano e radicado em Nova York - é tanto judaica quanto cosmopolita, tanto afetiva quanto analítica. Nas palavras do próprio Blinder, este é o livro de "um jornalista brasileiro que assume mais a sua judaicidade, que é um dado existencial, do que o judaísmo, que é uma religião."

Por que os judeus são perseguidos? Por que não conseguem a paz com os palestinos? De onde vem o bom humor? Por que Seinfeld é genial? Estas e muitas outras perguntas ressaltam o enfoque jornalístico do livro. "Caio não responde tudo, mas é bom de perguntas", diz o autor, definindo seu trabalho com o humor que leitores e espectadores já conhecem.

Moacir Sclyar, na orelha da coletânea, define muito bem este livro como "um abrangente painel dos conturbados tempos em que vivemos. Neste sentido, o título é mais do expressivo. Todos estamos em busca de Terras prometidas; todos nós estamos atrás de causas, de ideais. Ao refazer, através de textos, sua trajetória pessoal ("Do Bom Retiro a Manhattan") Caio Blinder mostra que esta busca envolve também um elemento de subjetividade. Seus artigos, publicados em numerosos e qualificados órgãos da imprensa brasileira, resultam de cuidadosa e bem fundamentada análise, mas envolvem também um elemento pessoal, sob forma de sincero e comovedor depoimento."

Sobre o Autor

Caio Blinder: Caio Blinder tem 45 anos, é jornalista desde 1977 e queria ser jornalista desde que começou a ler jornal, logo após aprender a ler. Está na ponte aérea Brasil-EUA desde 1982. Participa do programa "Manhattan Connection", da Globosat, é correspondente da rádio Jovem Pan em Nova York, escreve no Diário de Notícias, de Lisboa, é colaborador das revistas Primeira Leitura, Exame, Consumidor Moderno, Card News. É analista da BBC Brasil e tem coluna na Tribuna Judaica. Caio mora com a mulher Alma e as filhas Aiza e Ana no subúrbio nova-iorquino de Glen Rock. Ainda encontra tempo para ver um filme do Woody Allen, ler um livro de Philip Roth, jogar squash e acompanhar a cotação do Real na Internet.

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

O Fim de Viagem, Começo de Vida,  por Rosa Ghelman.
Rosa Ghelman lançou "Fim de Viagem, Começo de Vida" (Editora Oficina do Livro). Um livro que nos chega como testemunho de quem sempre encarou a vida como uma fonte inesgotável de esperança e fundada na solidariedade.  Leia mais
Tantas Dúvidas,  por Rafael Gomes.
O besouro voando, o cachorro latindo, eu passeando / nós todos vivos, conscientes na manhã de domingo / só eu incosciente o bastante para apontar / e chamar pelo nome: besouro, cachorro, manhã
(Poesia do livro Tantas Dúvidas de Rafael Gomes)
 Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página