início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

NAS ASAS DE ÍCARO

Maria Dalva Junqueira Guimarães*

Maria Dalva Junqueira Guimarães, depois de ter Labaredas Peloscorpos, solta suas asas e voa, neste livro premiado, Nas asas de Ícaro.

Com linguagem metafórica, tendo bebido na Mitologia Grega, brinca com as palavras e constrói um mundo onírico, pleno de vida. Mitos saídos das páginas clássicas passeiam por suas frases, dançam nas entrelinhas, explodem em figuras, imagens, idéias.

Engana-se quem supõe ser seu universo um entremeado de divagações sem chão. É uma criação efervescente, ocultando o sentido prosaico em véus de erudição. Mas o conteúdo de seu discurso sobrepõe-se, impera, soberano.

Maria Dalva é uma escritora de livros densos, ainda quando pretensamente dedicado a jovens. Um texto, quando de qualidade, extrapola a destinação, denominação, rótulo, para servir de leitura a todas as idades. O autor de livros infantis, infanto-juvenis, não precisa ser tatibitate para alcançar seu público. Fuja, leitor mirim, de livros que reduzem-no ao estágio de idiotia que algumas obras tentam impor. O ser humano, para crescer, necessita de impulso, desafio, não de facilidade, ausência de obstáculos.

Devemos ensinar nossos meninos a procurarem palavras no dicionário, levá-los a aprender novos conceitos, ter outra visão de mundo que não aquela pequena a que estão acostumados, levados por educadores preguiçosos, que solicitam pesquisas, sugerem cópias robotizadas, induzem à mesmice onde eles próprios chafurdam.

A obra, para ser inovadora, deve revolver, sacudir mentes adormecidas, como Monteiro Lobato tão bem o fez, através de suas páginas ditas infantis. O trabalho de um verdadeiro escritor é perene, sempre atual, em eterna caminhada, em prol de um país melhor, de boa literatura e, conseqüentemente, de bons leitores.

( por Aglaia Souza – Poeta,cronista,contista – Professora na Escola de Música de Brasília. Membro da ANE – Associação Nacional de Escritores do DF. Brasília/ setembro/2002)

Contatos com a Autora: mandalla99@hotmail.com

Sobre o Autor

Maria Dalva Junqueira Guimarães: Madelon nasceu em Monte Alegre de Minas. É licenciada em pedagogia e graduada em Psicopedagogia. Como educadora, exerceu as funções de Coordenadora Pedagógica e Orientadora Educacional. Hoje, aposentada, dedica-se exclusivamente à criação literária. Como intelectual, encontra-se filiada a diversas instituições que congregam escritores em vários estados e no Distrito Federal. Publicou trabalhos em inúmeras antologias nacionais e internacionais nos gêneros de prosa e poesia. 

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

No garimpo da linguagem,  por Ronaldo Cagiano.
Em mais uma ousada incursão pela nossa língua, o autor Evandro Affonso Ferreira dá seqüência à sua saga de diligente pesquisador. Ferreira mergulha nos pélagos da linguagem, para extrair, com a perícia de escafandrista do idioma, preciosidades lexicais, numa proposta que busca mostrar todas as possibilidades de comunicação que ele nos oferece.  Leia mais
Ensaio sobre a História trágico-marítima,  por Angélica Madeira.
Nesse mundo, as hierarquias se preservam até o momento da catástrofe, durante o deslastre, em que são lançados ao mar, primeiramente, os bens de propriedade dos marujos e só depois os dos oficiais os dos oficiais, dos nobres, do clero e da Coroa, nesta ordem.  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página