início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Biografia da Cidade - Crônica de Brasília

Joanyr de Oliveira*

Acaba de sair do prelo da LGE editora mais um livro de Joanyr de Oliveira, escritor pioneiro de Brasília, onde reside desde 1960.

Sua primeira obra literária no DF foi Poetas de Brasília, de 1962, uma coletânea com trabalhos dos melhores autores aqui residentes, como Anderson Braga Horta, Alfonsus de Guimaraens Filho, José Santiago Naud, Afonso Felix de Sousa e Lina Peixoto Del Peloso. Foi o passo inicial da literatura brasiliense. Nas décadas seguintes, Joanyr de Oliveira lançou outras coletâneas e obras individuais, entre as quais Poesia de Brasília, que obteve o “Prêmio Fernando Pessoa”, da União Brasileira de Escritores-Rio.

A obra recém-lançada, Biografia da Cidade, é constituída de 2l poemas que têm Brasília como tema (colhidos da obra do autor) e uma síntese histórica desde os integrantes da Conjuração Mineira, que propugnavam por uma capital interiorana, passando por Hipólito José da Costa (no "Correio Braziliense", de Londres) e vários outros, até Juscelino Kubitschek e a inauguração da terceira capital da república brasileira. O livro, em papel couché e ilustrado por várias fotos coloridas da cidade, contém uma Bibliografia Brasiliense com informações aos estudiosos sobre vários livros de historiadores, sociólogos, romancistas, ficcionistas e poetas, que elegeram Brasília como tema..

Na apresentação, escreve Jason Tércio: "Joanyr de Oliveira não é apenas um poeta, contista, cronista e antologista dos mais respeitáveis do país. É antes de tudo um patrimônio da cultura brasiliense e brasileira. A qualidade de sua poesia, reconhecida pela crítica mais exigente e comprovada por importantes prêmios literários, há muito ultrapassou as fronteiras de Brasília e do Brasil, figurando em publicações da Argentina, Estados Unidos, Canadá, Portugal, Espanha, França, Itália, e Índia."

O texto de Jason Tércio informa que: "Os 21 poemas de Joanyr nesta coletânea, ilustrados por esplêndidas fotos de Ivaldo Cavalcante, percorrem diferentes épocas de sua produção poética, mas todos transmitem um envolvimento visceral com todos os aspectos da cidade. O poeta alterna visões líricas ("amorosa e clara/ a cidade/ voa/ com as as próprias/ asas") com críticas à exclusão social ("do candango é o legado/ o soluço e o vazio/ sobre a esquálida carcaça"). Um livro, portanto, que exprime com perfeição a síntese literária e visual da cidade em toda a sua complexidade, muito além dos esteriótipos e maniqueísmos oficiais."

Sobre o Autor

Joanyr de Oliveira: Escritor e Poeta. De Minas para o mundo. De Aimorés, Brasília.
Autor de uma imensa e respeitável obra poética.

Visite o site do poeta JOANYR DE OLIVEIRA

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

Cartografia poética da cidade,  por Ronaldo Cagiano.
O carioca Sérgio Alcides soube captar nos instantâneos urbanos os seus contrapontos, fazendo uma releitura poética e reflexiva desse território de contrastes.  Leia mais
Os árduos e glorificantes caminhos da literatura jeovaneana,  por Jeová Santana.
Após quatro anos da publicação de seu último livro de contos - A Ossatura -, Jeová Santana dá à luz a sua mais nova criação, Inventário de Ranhuras, tendo também publicado, no ano de 1993, Dentro da Casca, também de contos.  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página