início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Na Teia do Sol

Menalton Braff*

"Menalton Braff não é um escritor “da moda”. Seus livros recusam os problemas mais óbvios do nosso tempo, as explicações fáceis, as formas que seus contemporâneos desgastam com a facilidade de quem troca, todo ano, de computador. De recusa em recusa, Braff segue um caminho próprio e criativo.

O protagonista deste livro, Na Teia do Sol, é um militante político, aparentemente forçado a se esconder, disfarçado de horticultor, esperando que a repressão se enfraqueça para que possa retomar as rédeas de sua existência. Está alienado de sua vida e não consegue mesmo vislumbrar muito bem os motivos que o levaram a esta situação. Cada carro que se aproxima, cada avião que cruza o céu, cada latido do cão que não fala a sua língua é uma ameaça a sua precária e, mais que isso, falsa liberdade.

Não é só o real aparente que persegue o narrador, de codinome Tito, mas também a enchente de suas memórias – da própria estadia no sítio, da prisão, dos pais, da namorada que deixou para trás, dos companheiros que podem tê-lo traído, do terror de imaginar cenas pelas quais não se sabe se passou ou se passará. É o medo que move e, principalmente, paralisa Tito, assim com a forma que Braff deu ao romance move, paralisa e angustia o leitor, que está diante de um livro que ousa e consegue transformar em literatura viva matéria que parece não estar disponível aos criadores da estação." Haroldo Ceravolo Sereza

Sobre o Autor

Menalton Braff: Professor, contista e romancista, Menalton João Braff nasceu em Taquara/RS, de onde saiu muito cedo para cumprir um itinerário nem sempre prazeroso por este mundo de Deus. Abandona o pseudônimo de Salvador dos Passos com a publicação de À Sombra do Cipreste, livro com que ganhou o Prêmio Jabuti 2000. Em novembro de 2000 lança o romance "Que Enchente me Carrega?". Seu mais recente romance é Castelos de Papel.

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

Crime e mistério nas letras nacionais,  por Luis Eduardo Matta.
Paisagens Noturnas dá uma dimensão precisa de como a aliança entre o talento, a criatividade e a sensibilidade é capaz de gerar obras meritórias e atraentes.  Leia mais
Dez escritores discorrem sobre o amor,  por Vários Autores.
Dezamores: contos, poemas é o primeiro resultado em livro da produção literária de dez autores a partir de oficinas virtuais de João Silvério Trevisan, autor do prefácio.  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página