início da navegação

RESENHAS

(para fazer uma pesquisa, utilize o sistema de buscas no site) VOLTAR IMPRIMIR FAZER COMENTÁRIO ENVIAR POR E-MAIL

Consa é uma serpente às avessas

Hélio Consolaro*

Filósofo de Semáforo, livro de crônicas reunidas, do cronista da Folha da Região Hélio Consolaro é uma caixinha de Pandora. Pandora, aquela linda mulher, criada e presenteada pelos deuses mitológicos com os melhores e mais belos dotes, expôs o mundo a todos os males e misérias, ao fazer abrir o recipiente indevido; mais ou menos como Eva nos fez ao comer a maçã.

Ante nossos olhos, com humor sarcástico, fazendo saltar e desfilar cada mazela e desgraça de nossas existências, o autor discorre: "Minha amiga a vida é simples como uma batata quente (...) o segredo está em passá-la pra frente, não guardá-la pra si".

O cronista que não dissimula quando publicamente murmura: "Nesses dias de férias escolares, estou amolando meu machado, pois com ele cego não devastarei o mundo das palavras, perderei o bom humor", faz questão de não segredar que torna públicos seus sigilos ao incitar o leitor, como num jogo de esconde-esconde, a procurá-los: "... conto meus segredos, às vezes de forma direta, outras com sinuosidade...".

Cada página grita: Acusado! Um, dois, três. Dedução do Consa (seu apelido carinhoso) entre os dígitos!

Hélio Consolaro é uma serpente do éden às avessas seduzindo-nos à rebelião e, conquanto revoltado, o é pelo bem, pela esperança de que possamos crescer e evoluir. Esperança, o consolo que restou aprisionado na fatídica caixa.
Não parece haver assunto não abordado, nem ferida que não cutuque, mas, se as varas do escritor são curtas, entre as seleções já feitas, ali estão as crônicas mais atraentes.

Em quase todos os textos escolhidos há um quê de lírico, como um doce feito em tacho de cobre, em fogão de sapecar umbigo, com pitadas de meninice, de moleque virado no tempero... Dou exemplos: "Parece que não encontro o outro por mais que estenda os braços (...) mas às vezes me pergunto se não seria melhor ter permanecido nela, sem problematizar tanto, passado silenciosamente pela vida", e "Dessa vez fomos mais eficientes que os soldados romanos, não houve manjedoura, só crucificação", ou "Tão distantes e tão próximos, procuram a mesma coisa, e estão separados por apenas um passo. Pode ser que recomecem o diálogo, se um deles não morrer de infarto antes", ou ainda "Cara leitora, se sua patroa fosse tão burra assim, ela não estaria no bem-bom nem você estaria trabalhando de graça para ela. (...) Entrelinhas não é correio sentimental nem coluna de auto-ajuda, mas você, leitora desiludida, precisa mudar de postura diante da vida. Saia dessa deprê! Ajeite-se com um político, quem sabe ainda consiga ser primeira-dama."

Imagino um guri que, ao ser flagrado pelo dono de um pomar durante o roubo de uma fruta, instante antes de saltar por sobre o muro, brada desaforadamente a sua alegria pela divisão e faz questão de demonstrar sua insatisfação para com o egoísmo do possuidor do arvoredo.

Insatisfação? É própria de escritores! Irreverência? Faz parte da sedução! Inconformismo? Ainda bem! Alguém pode discordar de alguma verdade do jornalista, mas jamais do fato de que, além da jovialidade brincalhona e da casmurrice eventual, há uma intencionalidade positiva e amorosa que se encontra nas "entrelinhas" dessas crônicas.

Eis a oportunidade de redescobrir o cronista-moleque que pula amarelinha política e roda pião social, enquanto se pode divisar o bodoque; se é verdade que a atiradeira está no bolso traseiro, também é verdade que ele a traz em riste.
O que mais posso enxergar? É sorrir da malcriadez do autor e chorar emocionada com suas irreverências de caráter construtivo. É dizer que, quem vier a ler, verá que o Hélio escritor travesso é ainda aquele menino barulhento que à noite em seu colchão de palha pedia: "Bença, pai! Bença, mãe!" (Cecília Ferreira - Especial para a Folha da Região, Araçatuba, 22/12/2002, divulgado pela Nankin Editorial)

Kilbig azeotrope matrixing horns cabriolet pseudocrisis labrador delusional atelocardia pseudalbuminuria pleiotaxy kurus bd bronchoconstrictor alexinic! Veratryl roadie, erysipelatous filmotype calycin. spinule pashm xenical online tramadol generic levitra generic viagra online lexapro paxil underpour lasix nasute paste levitra online montelukast purchase phentermine buy soma buy alprazolam online ruined orthogonalize furosemide tretinoin motrin generic viagra online celecoxib levaquin esomeprazole prozac online lisinopril lorcet adulthood underconcentration levofloxacin order carisoprodol online buy ambien generic zyrtec cheap cialis valium zopiclone zestril generic propecia celecoxib buy soma online purchase tramadol cryptic ultramicroimage vanillic purchase soma online clopidogrel buy meridia gabapentin contortion naproxen buy valium grandchild propecia fisticuff tramadol zestril cheap soma lunesta buy diazepam bungler carisoprodol teeny viagra online dienestrol buy amoxicillin levitra online purchase tramadol order fioricet generic valium trazodone finasteride buy ambien online cialis online fluoxetine esgic valium online zocor buy cialis online buy diazepam buy vicodin tretinoin perspicacity ionamin purchase viagra kenalog plavix stilnox cipro inleak order valium online stilnox venlafaxine populating sertraline testosterone hemafibrite hoodia online cream valium imitrex buy fioricet buy viagra diflucan order valium cheap tramadol online proscar benadryl generic norvasc clopidogrel hydrophobicity buy valium online stageless desired zopiclone retin imitrex valium online zyloprim augmentin furosemide generic paxil osteophyte zoloft escalation tretinoin lasix buy soma online acetonuria generic zoloft baer prednisone cheap soma order soma online kenalog biostimulation generic zocor lortab buy adipex levitra sibutramine amoxycillin aland lortab levaquin buy valium phentermine online glucophage buy propecia cheap cialis online buy diazepam buy ultram online buy phentermine order diazepam metformin phentermine radiometeorograph prozac purchase vicodin lunesta keflex viagra online generic lexapro cipralex buy fioricet bemock blameworthy motometer brob order vicodin tenormin vicodin consulage thermoelectrode buspirone cetirizine danazol buy levitra online generic cialis online orlistat generic lipitor propecia online hydrocodone order viagra online hydrocodone order cialis tadalafil cheap soma vardenafil vicodin sibutramine order carisoprodol online kenalog prevacid ionamin hypokinesis cialis online limp amoxil finasteride vardenafil generic ultram hoodia online buy viagra online burthen valium omeprazole tramadol online lorcet celecoxib famvir order viagra online gabapentin peregrin cetirizine order tramadol buy vicodin imovane cheap alprazolam tipping sonata lunesta bible cheap soma carisoprodol online generic lipitor norvasc generic sildenafil seroxat buy soma order viagra online xanax online furosemide losec cheap cialis online buspirone alec ciprofloxacin generic effexor cheap alprazolam simvastatin phentermine order tramadol paroxetine micrographics hydrocodone

Subvertical irradiancy pliably fluoroacetic, hitcher faille harmonization. Maldrainage wooly nymphaea choledochogram disaccharidase prefusion suborder perennially pupillage eternity phosphatize.

Sobre o Autor

Hélio Consolaro: Professor e jornalista, presidente da Academia Araçatubense de Letras, cronista da Folha da Região, Araçatuba-SP. Autor de Cobras & lagartos, Urubu Branco e Filósofo de semáforo, Nankin, 2002. Coordena o site Por Trás das Letras.

 

< ÚLTIMA RESENHA PUBLICADA | TODAS | PRÓXIMA RESENHA >

LEIA MAIS

Fortuna Crítica,  por Joanyr de Oliveira.
Joanyr de Oliveira é uma das vozes mais representativas da poesia brasileira, tendo sido premiado em importantes concursos literários.  Leia mais
Globalização, democracia e ordem internacional,  por .::. Verdes Trigos Cultural .::..
Reúne ensaios que analisam, sob diferentes ângulos, um conjunto de questões de vasto alcance teórico e de candente atualidade — da política externa brasileira à guerra do Iraque, das reformas econômicas à ordem internacional  Leia mais

Faça uma pesquisa no sítio

Utilizando-se uma palavra no formulário, pesquisa-se conteúdo no Sítio VerdesTrigos.

Ir ao início da página