Crônicas,contos e outros textos

PÁGINA PRINCIPAL LISTA DE TEXTOS Efraim Rodrigues


COMPARTILHAR FAVORITOS ver profile do autor fazer comentário Recomende para um amigo Assinar RSS salvar item em delicious relacionar no technorati participe de nossa comunidade no orkut galeria relacionar link VerdesTrigos no YouTube fazer uma busca no VerdesTrigos Imprimir

São Miguel das Missões Verdes Trigos em São Miguel das Missões/RS - Uma viagem cultural

VerdesTrigos está hospedado no Rede2

Leia mais

 




 

Link para VerdesTrigos

Se acha este sítio útil, linka-o no seu blog ou site.

Anuncie no VerdesTrigos

Anuncie seu livro, sua editora, sua arte ou seu blog no VerdesTrigos. Saiba como aqui

Os renascentistas e o lixo

por Efraim Rodrigues *
publicado em 16/06/2007.

Meu primeiro celular ficou comigo sete anos. O segundo, três anos. Na semana passada eu troquei de plano e eles me ofereceram um modelo novo. Eu agradeci e recusei. Eles insistiram, argumentando que o modelo novo fazia uma série de coisas, e era de graça. Ao final, eles abriram o jogo. Eu TINHA que trocar de modelo.

Em maio, já temos no Brasil 102 milhões de linhas de celulares. Assim como em todo equipamento eletroeletrônico, os celulares são de difícil reciclagem, porque encerram uma combinação de diferentes materiais. Entre as substâncias que compõe os circuitos de materiais eletroeletrônicos, estão vários metais pesados. Um estudo da UNICAMP colocou circuitos integrados em contato com água, para simular o seu efeito em contato com o ambiente, e descobriu que elas liberam grandes quantidades de cádmio e chumbo. Não seria bom para a sua saúde, ter uma montanha de circuitos integrados nos fundos da sua casa, mas como trocamos de celular, TV, geladeira etc cada vez em
períodos mais curtos, o lixo acaba sendo inevitável.

O grande objeto de desejo agora são as TVs de plasma. Para onde vão os tubos catódicos das TVs antigas ? Cada um deles contem até 4 kg de óxido de chumbo. A cada TV moderna que entra na sala de visitas da zona sul, uma outra deixará alguma sala na periferia em direção ao lixão. Mas isto não é problema, afinal, os lixões nunca ficam na zona sul. Eles estão sempre na periferia mesmo....

O precursor da obsolescência programada são as lâminas de barbear descartáveis. Um homem precisa ter mais habilidade e tempo para barbear-se com uma navalha que com uma lâmina descartável. O conceito econômico que usamos, mesmo sem saber quem foi David Ricardo, é que se gastarmos tempo com uma coisa banal, como fazer a barba, em detrimento de nossa profissão, estaremos deixando de ganhar dinheiro. Portanto, só conserta objetos quem não tem uma profissão que o remunere decentemente.

Há uma coisa que o célebre economista não levou em conta. É muito chato e bitolado fazer uma coisa só. Pessoas criativas querem saber como se afia uma navalha, ou como se conserta um liquidificador. Além de seu trabalho, elas gostam de educar-se sobre o funcionamento das coisas, consertando-as. Para este tipo de pessoa, fugida da renascença direto para o século 21, a profusão e baixo custo de ferramentas é um verdadeiro sonho, ao mesmo tempo um pesadelo para quem precisa vender um fogão a cada dois anos para a mesma família.

Sobre o Autor

Efraim Rodrigues: Efraim Rodrigues, Ph.D. (efraim@efraim.com.br) é doutor pela Universidade de Harvard, Professor Adjunto de Recursos Naturais na Universidade Estadual de Londrina, Consultor do Programa Fodepal da FAO-ONU e Editor da Editora Planta, sem fins lucrativos.

< ÚLTIMA PUBLICAÇÃO | TODAS | PRÓXIMA>

LEIA MAIS


APARÊNCIA, por Pablo Morenno.

Sopros de vida, por Terezinha Pereira.

Últimos post´s no Blog Verdes Trigos


Busca no VerdesTrigos