Crônicas,contos e outros textos

PÁGINA PRINCIPAL LISTA DE TEXTOS Efraim Rodrigues


COMPARTILHAR FAVORITOS ver profile do autor fazer comentário Recomende para um amigo Assinar RSS salvar item em delicious relacionar no technorati participe de nossa comunidade no orkut galeria relacionar link VerdesTrigos no YouTube fazer uma busca no VerdesTrigos Imprimir

São Miguel das Missões Verdes Trigos em São Miguel das Missões/RS - Uma viagem cultural

VerdesTrigos está hospedado no Rede2

Leia mais

 




 

Link para VerdesTrigos

Se acha este sítio útil, linka-o no seu blog ou site.

Anuncie no VerdesTrigos

Anuncie seu livro, sua editora, sua arte ou seu blog no VerdesTrigos. Saiba como aqui

A inconveniente conta de luz de Al Gore

por Efraim Rodrigues *
publicado em 03/03/2007.

Conforme foi ficando chique ser ambientalista, eu me acostumei a ouvir aqueles que gostam de enaltecer seus predicados ambientais. Eles estão em toda parte. Nas minhas salas de aula, querendo ganhar a simpatia deste professor, nas colunas dos grandes jornais, e principalmente nas mesas de bar.

Esta semana eu já havia decidido escrever sobre como uns falam muito e fazem nada, enquanto outros fazem tanto, e nem sabem que fazem. Para minha sorte, eu fui agraciado com um caso muito ilustrativo no meio da semana.

Al Gore gasta 30 mil dólares de luz e gás por ano. Vinte vezes mais que o energiófago americano médio.

Eu ainda tive minhas dúvidas se isto não seria uma armação republicana contra um democrata com chances de chegar à Casa Branca, e que ainda por cima recebeu um Oscar pelo seu filme verdade inconveniente. Nesta quinta-feira, um porta-voz deste meu colega de Harvard disse que a família Gore compra créditos de carbono. Ou seja, ele assumiu.

É bem certo que pagar pelo carbono que se consome está além dos costumes de hoje. Pagamos taxa de lixo, indústrias são responsabilizadas pelos resíduos que produzem, mas poucos pagam pelo carbono que consomem. Todavia, Al Gore é a pessoa que convenceu Arnold Schwarzenegger a vender seu jipe que faz meio Km por litro e a aplicar políticas de restrição de emissão de carbono na Califórnia. Por que o jipe de Arnold não pode e a mansão do Al pode ?

Estamos à beira de uma dramática mudança de costumes. No futuro, a possibilidade de pagar pela emissão de carbono será considerada tão hilária quanto era a venda de indulgências pela Igreja Católica. Pagando, você pode pecar.

Ainda não compreendemos que o dinheiro só compra pequenas coisas. Eu posso comprar um dia de trabalho de uma pessoa com dinheiro, mas não posso comprar uma vida. Igualmente sórdido, em breve, será despender energia. Da mesma forma que hoje não é legal matar uma pessoa, no futuro não será legal ter um carro, ou uma casa enorme, ou comprar objetos desnecessários.

Nossos descendentes perguntarão a seus pais e professores porque as pessoas abreviavam suas vidas em atividades desgastantes para comprar objetos que além de desnecessários para cada um, ajudavam a destruir o planeta de todos. Da mesma forma que não sabemos explicar como dar dinheiro para um padre podia ajudar a expiar o que fizemos de errado, nossos descendentes não saberão explicar porque agimos assim.

Sobre o Autor

Efraim Rodrigues: Efraim Rodrigues, Ph.D. (efraim@efraim.com.br) é doutor pela Universidade de Harvard, Professor Adjunto de Recursos Naturais na Universidade Estadual de Londrina, Consultor do Programa Fodepal da FAO-ONU e Editor da Editora Planta, sem fins lucrativos.

< ÚLTIMA PUBLICAÇÃO | TODAS | PRÓXIMA>

LEIA MAIS


Homenagens aos Pais, por Leopoldo Viana Batista Júnior.

A leitura me dá sorte, por Henrique Chagas.

Últimos post´s no Blog Verdes Trigos


Busca no VerdesTrigos