Crônicas,contos e outros textos

PÁGINA PRINCIPAL LISTA DE TEXTOS Luiz Carlos Amorim


COMPARTILHAR FAVORITOS ver profile do autor fazer comentário Recomende para um amigo Assinar RSS salvar item em delicious relacionar no technorati participe de nossa comunidade no orkut galeria relacionar link VerdesTrigos no YouTube fazer uma busca no VerdesTrigos Imprimir

São Miguel das Missões Verdes Trigos em São Miguel das Missões/RS - Uma viagem cultural

VerdesTrigos está hospedado no Rede2

Leia mais

 




 

Link para VerdesTrigos

Se acha este sítio útil, linka-o no seu blog ou site.

Anuncie no VerdesTrigos

Anuncie seu livro, sua editora, sua arte ou seu blog no VerdesTrigos. Saiba como aqui

UM NOVO ANO NOVO

por Luiz Carlos Amorim *
publicado em 04/01/2004.

E lá se foi o ano de 2003. O ano da esperança para todos nós, brasileiros, que apostamos em uma mudança neste país. Não podíamos esperar, sabemos, que tudo fosse consertado de uma hora para outra. Mas pouca coisa mudou. E um ano era tempo para mais. Felizmente, somos teimosos e não perdemos a esperança no futuro. Haveremos de ter sempre essa esperança abençoada que nos impulsiona a viver. E o próximo ano há de ser melhor.

Então, estamos impregnados de esperança e de desejo de paz neste início de 2004. Precisamos iniciar uma nova era, a era da paz. Utopia? Sonho? Mas o sonho é esperança! Se não tivermos sonhos, o que será da esperança? E o sonho e a esperança podem e devem nos levar à realização.
Pedia eu, em uma outra crônica de fim de ano, que os homens ouvissem os poetas, pois a poesia pode torná-los melhor. É ela que, mais do que outro gênero literário, talvez, retrata os sentimentos e as emoções do ser humano. É ela, a poesia, que aguça a nossa capacidade de amar, de sermos solidários, de preservar a vida e a natureza, de cultivar a paz.

Então queria poder me repetir, neste início de 2004, e falar, novamente, de paz, de esperança, de novos tempos, e não há como falar disso sem falar de poesia. E não há como termos isso sem que trabalhemos para isso. Que a nossa vida possa ter mais poesia e que ela nos ensine, sempre e sempre, mais e mais, a realizar a paz, a viver em paz e a manter a paz. Porque somos o instrumento dessa tão almejada paz.

Como já disse o poeta Drummond, para ter “um Ano Novo que mereça este nome, você tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo. Eu sei que não é fácil, mas tente, experimente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre." Devemos pensar nisso. E agir.

VIDA NOVA


Bebo um gole de vida
e saio pelos caminhos,
faróis nos olhos,
canção nos lábios,
o futuro nas mãos
e sonhos no coração.
Planto sorrisos,
cultivo a paz
e lanço sementes
no chão de um ano novo.
Aprendo poesia
e eternizo a essência
de um novo ser,
num tempo novo
onde a emoção me leva.
Construo uma nação
dentro do meu poema
e convido você
a morar nele...


Sobre o Autor

Luiz Carlos Amorim: Luiz Carlos Amorim é natural de Corupá(SC), onde nasceu em 16 de fevereiro de 1953. É formado pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Joinville. Bancário, reside em São José, na Grande Florianópolis. É fundador e coordenador do Grupo Literário A ILHA, que completou, no ano de 2002, vinte e dois anos de existência e resistência – único órgão cultural a permanecer tanto tempo na luta. É editor das Edições A ILHA, com mais de 20 títulos já publicados, além do Suplemento Literário A ILHA, revista trimestral que reúne a produção dos integrantes do grupo, de escritores do estado, do país e até do exterior, indo para a sua 87ª edição. Conheça A ILHA

< ÚLTIMA PUBLICAÇÃO | TODAS | PRÓXIMA>

LEIA MAIS


UM BRASIL DE LETRADOS, por .::. Verdes Trigos Cultural .::..

NOSSAS CICATRIZES, por Airo Zamoner.

Últimos post´s no Blog Verdes Trigos


Busca no VerdesTrigos